Tenente conta ação após tiroteio em Santa Clara; único foragido é conhecido

Tavares, da 3ª Cia de Policiamento de SFI, fala sobre prisões obtidas após tiroteio que deixou 1 morto e 8 baleados




20/01/2020 17h30 Foto: Divulgação.

Dos quatro homens envolvidos no tiroteio neste domingo (19) à noite, na praia de Santa Clara, em São Francisco de Itabapoana, um continua foragido, mas a polícia já sabe quem é, onde mora, antecedentes criminais, entre outras informações. Ele, inclusive, já foi preso pelos policiais da 3ª Cia de Policiamento no município, comandada pelo Tenente Tavares, o primeiro a chegar ao local do homicídio. No mesmo dia foram presos: G.S.F., 19 anos; W.O.P., 28 anos; e R.S.G., 22 anos que, juntos com o foragido, causaram a morte de Bruno Manhães da Silva, o “Bruno Remela”, 28 anos, além de balearem mais oito pessoas.


Tenente Tavares contou ao site Campos 24 Horas que cerca de oito policiais militares participaram da ação para prender os bandidos e que as câmeras de segurança da prefeitura, junto com informações sigilosas, ajudaram muito na elucidação dos fatos. Tenente Tavares explica que, neste momento, várias informações chegam a todo momento, algumas delas truncadas, mas todas de grande valia. “Três dos bandidos já tinham sido presos e um deles é residente em Niterói”, acrescenta o tenente.


- Foram vários policiais empenhados para conseguir dar essa pronta resposta. Vários envolvidos, pessoal de serviço ordinário, pessoal da nossa Cia de serviço extra, pessoal que estava de folga, entre outros. Acompanhei tudo, fui o primeiro a chegar no local do crime, participei de todas as diligências e vi o empenho de todos os envolvidos - conta.


O comandante da 3ª Cia faz um balanço do final de semana: “Em que pese nosso esforço e preocupação com a segurança pública, tivemos um final de semana bem ruim em termos de ocorrência. Mas a população pode contar conosco sempre”, finaliza o Tenente Tavares