PF: Linda Mara, Kellinho e Thiago são considerados foragidos; VÍDEO

Eles foram condenados pelos crimes de corrupção eleitoral e associação criminosa na utilização do programa social “Cheque Cidadão” para compra de votos nas eleições municipais de 2016.




31/10/2019 10h47 Foto e Vídeo: Filipe Lemos/Campos 24 Horas.

O delegado Paulo Cassiano Júnior, em entrevista coletiva na manhã desta quinta-feira (31), na sede da Polícia Federal, em Campos, acaba de dizer que os vereadores condenados  Linda Mara (PTC), Kellinho (PR) e Thiago Virgílio (PTC) são considerados foragidos. Eles foram condenados a cinco anos e quatro meses de reclusão e 13 dias-multa, além da perda de mandado eletivo e suspensão dos direitos políticos, pelos crimes de corrupção eleitoral e associação criminosa na utilização do programa social "Cheque Cidadão" para compra de votos nas eleições municipais de 2016.


"Já é de conhecimento dos réus a expedição desses mandados de prisão, inclusive a advogada do Kellinho esteve aqui na delegacia e tomou ciência formal desse documento de prisão contra seu cliente e portanto, pelo fato de eles não terem se apresentado e não se encontrarem nos endereços cadastrados nos bancos de dados, onde deveriam estar, a polícia já os considera foragidos da Justiça Eleitoral", explicou o delegado.


Paulo Cassiano informou ainda que a Polícia Federal continua em diligências com o objetivo de cumprir os mandados. Eles têm até o próximo domingo (3/11) para se apresentarem, caso contrário o delegado irá fazer um oficio informando das diligencias realizadas para que o juiz possa mudar o regime de cumprimento da pena.


VEJA VÍDEO ABAIXO:





 


 

 



 

 


Ver essa foto no Instagram


 



 

 

 



 

 



 

 

 




 

 


Uma publicação compartilhada por Campos 24 Horas (@campos24horas_oficial) em