Adesão ao Refis/Fundecam deve ser feita nos altos da Rodoviária Roberto Silveira

O prazo do Refis/Fundecam segue até o dia 29 de novembro




06/09/2021, 14h34, Foto: César Ferreira/SupCom.


Quem possui débito com o Fundo de Desenvolvimento do Município de Campos (Fundecam) também poderá aderir ao Programa de Recuperação Fiscal (Refis/2021) indo ao Fundo, que funciona nos altos da Rodoviária Roberto Silveira, no Centro, até o dia 29 de novembro. Poderão ser repactuados os débitos do Fundecam/Estruturante, Fundecam/Empreendedor, Fundecam Inovação e Fundecam Solidário. Todas as modalidades do Refis. (leia mais abaixo)


Segundo o presidente do Fundecam, Orlando Portugal, ao todo, 40 empresas que pegaram volume de recursos elevados, através do Fundecam Estruturante, não atingiram seus objetivos e grande parte não está em funcionamento há anos. “Tem empresa que pegou R$ 13 milhões com o Fundecam e está devendo até hoje com as devidas correções. Essas 40 empresas estão com as dívidas ajuizadas, com os fiadores notificados e  patrimônio em custódia para pagamento de empréstimo”, explica.(leia mais abaixo)


- Se as 40 empresas em débito com o Fundecam aderissem ao Refis teríamos em caixa R$320 milhões só do Fundecam/Estruturante. Este mês, teremos o primeiro leilão de um imóvel, que foi dado como garantia de uma operação de crédito nesta modalidade onde, de 60 parcelas, apenas 14 foram pagas. Esse será o caminho jurídico que todas as empresas terão se não buscarem quitar a dívida junto ao Fundecam – afirma Orlando Portugal.(leia mais abaixo)


Na última quarta-feira (1º), foram feitas quatro adesões ao Refis do Fundecam/Microcrédito, onde há mais de 80 clientes com débitos.  “O Refis é a grande oportunidade que todas as empresas têm para ficar em dia com o Fundecam, tirar o nome do Serasa e retomar o crédito mediante renegociação sem juros e multas, se o pagamento for à vista”, explica o presidente do Fundecam, acrescentando que, na modalidade Inovação Tecnológica, são cerca de 20 contratos em débito, totalizando cerca de R$ 600 mil.(leia mais abaixo)


O programa de Recuperação Fiscal oportuniza a quem está em débito a repactuação dos débitos mediante abatimentos dos juros e multa, a partir de  80%, podendo chegar a 100%, se o pagamento for à vista. Para aderir ao Refis/Fundecam, telefone: (22) 9.9754-8472 e solicite o formulário de requerimento.  Veja abaixo as formas de pagamento do Fundecam/Estruturante.


• À Vista, 100% de desconto de multa e juros. 

• Em até 24 parcelas, 90% de desconto de multa e juros. 

• Em até 48 parcelas, 85% de desconto de multa e juros. 

• Em até 60 parcelas, 80% de desconto de multa e juros.