Em São Francisco – Se Pedrinho Cherene não reverter na justiça, quem herdará seu capital político?

E se Pedrinho Cherene não puder ser candidato? Quem herdará seu capital e grupo político?




Atualizado em 15/06/2019 00h12



Os movimentos políticos de São Francisco estão cada dia mais agitados. As eleições estão chegando e Pedrinho Cherene ainda não conseguiu reverter seu quadro na justiça, para ficar apto a ser candidato e concorrer ao executivo em 2020. A esperança é que Pedrinho consiga anular a votação da câmara de vereadores que rejeitou suas contas e consiga liminar para o pleito de 2020.


A pré-campanha do então ex-prefeito está a todo vapor. Tem aparecido nas suas redes sociais fazendo visitas, participando de almoços, festejos e demais atividades no município de São Francisco. Mas a pergunta que não quer calar: E se Pedrinho Cherene não puder ser candidato? Quem herdará seu capital e grupo político?

Alguns nomes são cogitados para se caso o ex-prefeito não ficar apto a tempo hábil, concorrer representando o grupo. São eles:

O Dentista Fauaze Cherene – Segundo os munícipes o melhor secretário de saúde da história de São Francisco, Fauaze está no páreo para substituir Pedrinho. Também já ocupou cargo na secretaria de obras. Foi candidato a prefeito, mas retirou e deu apoio a então candidata da época, Marcilene Nunes;

O empresário - Zé Renato – Casado com a irmã do ex-prefeito, tem o sonho de ocupar esse espaço e concorrer ao executivo no lugar do cunhado em 2020;

O Vereador - Renato de Buena – Filho do ex-vice prefeito Amaro Barros. Ocupa o cargo de vereador de oposição ao governo da prefeita Francimara Barbosa Lemos;

Se Pedrinho não puder  concorrer, seu grupo tende a se dissolver e não ter unidade em um nome específico para o substituir. O que favorece a outros grupos políticos que atuam no município.