Bastos - "Presidente da CDL quer usar entidade como palanque"

Ignorando a tradição da CDL, que sempre se posicionou de forma elegante, inclusive quando fazia questionamentos, o atual presidente optou pela politicagem, tentando usar a entidade como palanque.




Atualizado em 03/07/2019 00h12



O Secretário de Governo Alexandre Bastos utilizou das redes sociais para rebater a nota assinada por Orlando Portugal no site da CDL - Campos. O secretário criticou a postura do presidente da entidade e mencionou que a nota é político eleitoral.


"Vi uma nota assinada por Orlando Portugal, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Campos (CDL). A manifestação não está baseada em critérios técnicos. Trata-se de um manifesto político-eleitoral de quem fez parte da gestão do casal Garotinho e ainda não conseguiu se desvencilhar das práticas rosáceas. Ignorando a tradição da CDL, que sempre se posicionou de forma elegante, inclusive quando fazia questionamentos, o atual presidente optou pela politicagem, tentando usar a entidade como palanque. Sobre as demandas apontadas, a Prefeitura de Campos lançou, em abril, o projeto “Viva o Centro”, que já realizou intervenções nas áreas de iluminação, paisagismo, ações efetivas da Postura, instalação de novas lixeiras, acolhimento de moradores de rua, entre outras ações que estão em curso, como a substituição das canaletas e bicicletários.

Ao contrário dos ex-patrões de Orlando Portugal, que se achavam donos da cidade, o prefeito Rafael Diniz respeita os comerciantes e as portas tanto da Prefeitura sempre estarão abertas".