Buscar:

Envie textos e fotos: WhatsApp (22) 9 9709-9308

Envie WhatsApp para (22) 9 9709-9308

Polícia esclarece prisão de dupla de estelionatários

Delegado pede para que as vítimas de algum tipo de golpe praticado pelos acusados possam se apresentar na DP

11/07/2014 17:05:35

Compartilhe

sexta-feira, 11 de julho de 2014  -  Foto: Filipe Lemos e Saulo Garcez / Campos 24 Horas

GEDSC DIGITAL CAMERAGEDSC DIGITAL CAMERAEm entrevista coletiva realizada nesta sexta-feira (11), o delegado adjunto da 146ª DP/Guarus, Pedro Emílio Braga, explicou detalhes a respeito das investigações que levaram a prisão dos acusados de estelionato Marcos da Silva Freitas, de 33 anos e Paulo Vitor Azevedo de Abreu, de 39 anos, em Campos e região. Eles foram presos na tarde de quinta-feira (10), atrás da Rodoviária Roberto da Silveira, no Centro da cidade, com um carro clonado, dinheiros falsos, documentação falsa e outros materiais ilícitos.


De acordo com o delegado, a polícia conseguiu localizar os suspeitos, após denúncia anônima. "Já estamos investigando essa prática de crime, envolvendo os dois, há mais de um ano e ontem,  recebemos a informação de que eles estariam próximo a rodoviária, uma equipe da Polícia Militar foi até o local e de cara foi constatado que o carro era roubado. Durante a abordagem, foi encontrado na mochila do Paulo Vitor, cerca de R$100 mil em cheques de diversas pessoas, R$ 500 em notas de 20 reais falsas, vários cartões de riocard, uma máquina de cartão de crédito e o principal o documento de identidade falso. Só com o documento e as notas falsas, eles já poderiam ser presos. Sendo que no decorrer da ocorrência, os policiais encontraram diversos documentos de compra e venda de terrenos, aparentemente simulados. O que quer dizer, que ele vendia o mesmo imóvel para várias pessoas e inclusive anunciava esses imóveis em jornais da cidade", explicou o delegado.

Ainda segundo Pedro, com o documento falso, Paulo Vitor criou contas em bancos e com os cartões de riocard ele vendia se passando pelos verdadeiros proprietários.

GEDSC DIGITAL CAMERA"Vamos esperar a conclusão do trabalho da perícia, nos materiais apreendidos. Até porque, a suspeita de que eles vendiam terrenos que não eram deles e que a máquina de cartão de crédito roubava todos os dados das vítimas", finalizou o delegado pedindo para que as pessoas vítimas de algum tipo de golpe praticado pelos acusados, possam ir até a delegacia.

Relembre o caso

Dois homens foram presos com dinheiro falso, cheques, cartões de banco e documentos no início da tarde desta quinta-feira(10), nas proximidades da Rodoviária Roberto Silveira, no Centro de Campos. Os homens estavam em um Chevrolet Cruze prata, de placa FHK-7779/São Paulo, que teria sido  roubado em Cabo Frio. A Polícia Militar desencadeou a operação que resultou nas prisões após denuncias de que os acusados estariam vendendo terrenos sem consentimento dos proprietários.

Segundo a polícia, o Cruze é um veículo clonado, ou seja, tem placa de um carro e chassi de outro carro com as mesmas características. Além disso, o documento do veículo, chamado de "verdinho",  seria falso.

A ação conjunta dos policiais militares do Patamo II, Setor Bravo e Serviço Reservado (P2), apreendeu R$1007 em notas verdadeiras, 450 notas falsas de 20 reais, várias anotações de agiotagem, mais de 100 cheques de diversos valores totalizando  R$ 500 mil e cinco aparelhos celulares. Parte do material apreendido foi encontrado em uma mochila que estava dentro do carro, no porta-luvas e no bolsos dos acusados.

preso 1007Na 134ª DP / Centro, onde o caso foi registrado, a polícia descobriu que o acusado P.V. A.A.  estava com o documento de identidade falso e M.S.F. era dono de uma farmácia no Parque Califórnia.

Ainda segundo a PMs, os presos por estelionato já vinham praticando esse tipo de crime há um ano na cidade. Eles são moradores do município. A polícia fez diligência no Parque Alphavile para tentar localizar comparsas dos dois acusados e apreender outros materiais ilícitos, mas não teve êxito.

A prisão dos estelionatários chamou a atenção de populares que passavam pelo local.

 

 

 

 

 

Compartilhe

Leia matéria completa

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail:

VerboTec Desenvolvimento e Tecnologia.