Buscar:

Envie textos e fotos: WhatsApp (22) 9 9709-9308

Envie WhatsApp para (22) 9 9709-9308

quinta-feira, 3 de julho de 2014    -    Foto: Reprodução

Sem Título-1



A Polícia Civil do Rio quer ouvir os ex-jogadores Dunga e Júnior Baiano, ex-craques da Seleção e empresários de futebol, na investigação sobre uma rede internacional de cambistas que atua em Copas do Mundo desde 2002.


A Polícia já investiga se existe relação entre a quadrilha de cambistas com integrantes da Fifa, da delegação do Brasil e de outros países. Segundo as investigações, eles chegavam a faturar R$ 1 milhão por jogo, e poderia lucrar cerca de R$ 200 milhões nesta Copa. Um ingresso para a final no Maracanã, por exemplo, estava custando R$ 35 mil.


Nesta terça-feira (1), 11 pessoas foram presas – nove no Rio e duas em São Paulo – durante uma operação da polícia, que cumpriu 20 mandados de busca e apreensão. A quadrilha teria conseguido 50 ingressos que seriam vendidos por mil euros cada. O delegado titular da 18ª DP (Praça da Bandeira), Fábio Barucke, confirma que há há indícios de participação de integrantes da Fifa no esquema. Outras sete pessoas estão sendo procuradas.

Compartilhe

Leia matéria completa

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail:

VerboTec Desenvolvimento e Tecnologia.