Buscar:

Envie textos e fotos: WhatsApp (22) 9 9709-9308

Envie WhatsApp para (22) 9 9709-9308

Garotinho: Empresas de ônibus que não servirem bem à população, perderão suas linhas

Secretário recebeu reclamações de passageiros de vários bairros a respeito da falta de coletivos

30/05/2016 13:01:27

Compartilhe

30/05/2016   00h33  |   Foto: Campos 24 Horas
Garotinho seminário
O secretário de Governo de Campos, Anthony Garotinho, disse que as empresas de ônibus que não servirem bem à população serão retiradas das linhas onde operam, sendo substituídas por outras concorrentes. Ele disse ter recebido reclamações de passageiros de alguns bairros a respeito da falta de coletivos em circulação.


— Tivemos esta semana uma reunião muito dura com empresários de ônibus. Algumas delas tem servido muito mal à população. De nada adianta a passagem social a R$ 1,00 se as empresas não  colocam ônibus em circulação em algumas linhas, como tem ocorrido. Todas as empresas estão advertidas. Quem não se enquadrar, vamos colocar outra empresa em seu lugar —, afirma Garotinho.

— É um absurdo que em Goitacazes, com todas dessas obras que a prefeita Rosinha Garotinho tem realizado, o povo venha reclamar de ônibus.  Em Nova Brasília, a mesma coisa, há também reclamações. As pessoas falam "Poxa, Garotinho, a Rogil não atende como deveria atender". Já orientei ao novo presidente IMTT (Instituto Municipal de Trânsito e Transporte) que seja duro e firme para que o povo pague passagem a R$ 1,00, mas tenha ônibus—, disse ainda.

— Nessa reunião com empresários de ônibus, um deles chegou a falar. “Agora que nós temos que dar valor passagem a R$ 1,00. Quando passamos a cobrar R% 2,75, caiu à metade o quantitativo de passageiros transportado. Agora, com a volta da passagem social, todo mundo voltou a andar de ônibus”.

Garotinho lembrou que, antes da implantação da passagem subsidiada, havia pessoas do interior do município que não conseguiam arranjar emprego na cidade porque os patrões logo resistiam em contratá-las devido ao custo do vale-transporte.

— Pessoas que moram em Dores de Macabu, em Serrinha, em Santo Eduardo não tinham como arcar com R$ 12,00 ou R$ 14,00 por dia com passagem de ônibus — , finalizou.

Compartilhe

Leia matéria completa

Anuncie Conosco

(22) 9 9709-9308

E-mail:

VerboTec Desenvolvimento e Tecnologia.